quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Atlético empata com o Caxias,e avança na Copa do Brasil.


Em Caxias,o furacão garantiu vaga a segunda fase da Copa do Brasil,ao empatar sem gols com o Caxias no estádio Centenário,na primeira partida oficial do time principal no ano o rubro encontrou dificuldades na partida mas conseguiu retornar da serra gaúcha com a classificação.Na próxima fase o furacão pega o vencedor do confronto entre Tubarão-SC e América-RN.

O JOGO:

Aos cinco minutos, Nicolas cruzou na área e Túlio desviou de cabeça pela linha de fundo. Um minuto depois foi a vez de Cleiton avançar em meio à zaga atleticana e deixar para Juninho bater sem direção.
O Caxias tinha maior posse de bola e ainda mostrava mais força ofensiva. Aos poucos o Rubro-Negro parecia se organizar e chegou pela primeira vez com algum perigo, aos 18 minutos, em chute do estreante Raphael Veiga, que exigiu boa defesa de Gledson. Mais uma chegada do Grená pela lateral, com Rafael Gava, que cruzou fechado para Wanderson subir e tirar da área para salvar.
Só dava a equipe gaúcha no jogo, o que deixava o técnico Fernando Diniz agitado no banco. Aos 33 minutos, Cleiton chutou cruzado e Santos se recuperou para espalmar. Na sequência, Julinho invadiu a área e soltou o pé para mais uma intervenção do goleiro atleticano. Thiago Carleto teve sua primeira chance de cobrar uma falta com a camisa do Furacão, aos 44 minutos, mas mandou direto pela linha de fundo.
Depois do intervalo, os times retornaram sem mudanças. O Rubro-Negro teve uma chance muito clara para abrir a contagem logo aos dois minutos, com Ribamar, que pegou sobra de bola, na cara do gol, mas chutou nas pernas de Júnior, que salvou. Aos 10 minutos, Diego Miranda pegou rebote na entrada da área, chutou forte, e Santos agarrou firme para realizar a defesa.
Quem teve a chance clara, aos 15 minutos, foi o Caxias, com João Paulo, que aproveitou saída errada de Santos para dominar na párea e, de frente para a meta, com o gol livre, desperdiçar. O ritmo caiu um pouco, com os times mostrando vontade, mas sem conseguir passar do meio-campo. Aos 25 minutos, Daniel Cruz abriu espaço e tentou o arremate, que carimbou a defesa atleticana.
O time da casa tentava pressionar, já que o empate não interessava. Aos 34 minutos, Santos voltou a sair errado e deixou nos pés de Daniel Cruz, que bateu por cima da meta. Contra-ataque rubro-negro, aos 37 minutos, com Bergson lançando Nikão, que prontamente serviu Ribamar, que parou em grande defesa de Gledson. O goleiro salvou mais uma, aos 41 minutos, ao dar o bote em Ribamar.
Ficha Técnica:
CAXIAS 0 X 0 ATLÉTICO PARANAENSE
Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)
Data: 30 de janeiro de 2018, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)
Cartões amarelos : Regis (Caxias); Guilherme e Carleto (Atlético-PR)
CAXIAS : Gledson; Cleiton, Júnior Alves, Laércio e Régis; Julinho (Ramon), Diego Miranda, Rafael Gava, Túlio Renan (Daniel Cruz), Nicolas; João Paulo (Carlos André).
Técnico: Luiz Carlos Winck
ATLÉTICO PARANAENSE: Santos; Wanderson, Thiago Heleno e Paulo André; Jonathan, Matheus Rosseto (Bruno Guimarães), Raphael Veiga e Thiago Carleto; Nikão, Guilherme (Bergson) e Ribamar
Técnico: Fernando Diniz
Veja os melhores momentos do jogo:


segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Em jogo decisivo,Atlético estréia na Copa do Brasil contra o Caxias.


Se o dia tão esperado pela torcida era ver o time principal em campo ele chegou,nessa terça feira as 21:30(horário de Brasilia),a equipe principal rubro negra entra em campo pela primeira vez na temporada e já de cara,o primeiro desafio é decisivo estréia na Copa do Brasil diante o Caxias no estádio centenário em Caxias do Sul.Com a nova fórmula da competição derrota elimina o rubro negro já que é jogo único já uma vitória simples e um empate garantem o furacão na próxima fase da competição para enfrentar o vencedor do confronto entre Tubarão-(SC) e América-(RN),além disso o jogo também marca oficialmente o inicio da era Fernando Diniz no furacão e para iniciar bem a competição o rubro negro já está pronto.

O TIME:

Além das novidades na comissão técnica,e estreias dentro de campo o técnico Fernando Diniz traz novamente ao furacão o esquema 3-5-2 sistema que por muito tempo foi adotado no rubro negro,com isso a intenção é de fazer o furacão um time ofensivo e com muito toque de bola para voltar a Curitiba com a classificação.Mesmo com poucas informações o furacão está definido para a decisão na serra gaúcha Santos deve ser titular no gol,na zaga Paulo André,Wanderson e Thiago Heleno serão responsáveis,outras novidades estão no meio de campo já que Pavez que até então era titular absoluto dessa vez fica no banco dando lugar a Raphael Veiga que fará sua estréia pelo furacão o mesmo acontecerá com o lateral esquerdo Thiago Carleto,com isso o furacão irá a campo com a seguinte formação.Santos,Paulo André,Wanderson e Thiago Heleno;Jonathan,Matheus Rosseto,Raphael Veiga,Thiago Carleto,Nikão e Guilherme;Ribamar.

O Caxias:

Empolgado pela ótima campanha no gauchão,o "grena"quer surpreender também na Copa do Brasil,líder e com 100%de aproveitamento no estadual a equipe do técnico Luis Carlos Winck vem embalada para enfrentar o rubro negro e espera um grande público na noite dessa terça feira no estádio Centenário.Quanto ao time a formação deve ser a mesma que entrou em campo no último sábado pelo gauchão,quando o time derrotou o São Paulo-RS por 1a0 jogando fora de casa com a seguinte formação:Gledson,Cleiton,Junior Alves,Laércio e Régis;Julinho,Diego Miranda,Rafael Gava,Túlio Renan,Nícolas;João Paulo.


Ficha Técnica:

CAXIAS X ATLÉTICO PARANAENSE
Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)
Data: 30 de janeiro de 2018, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)
CAXIAS : Gledson; Cleiton, Júnior Alves, Laércio e Régis; Julinho, Diego Miranda, Rafael Gava, Túlio Renan, Nicolas; João Paulo.
Técnico: Luiz Carlos Winck
ATLÉTICO PARANAENSE: .Santos,Paulo André,Wanderson e Thiago Heleno;Jonathan,Matheus Rosseto,Raphael Veiga,Thiago Carleto,Nikão e Guilherme;Ribamar.
Técnico: Fernando Diniz

domingo, 28 de janeiro de 2018

Em jogo fraco,Atlético fica no empate com o Cianorte.


Em um jogo fraco em com poucas oportunidades,o furacão não passou de um empate em zero a zero na tarde dessa sábado(27)na arena da baixada pela terceira rodada do estadual,apesar de ter mais volume de jogo na etapa final o furacão não conseguiu superar a defesa do time do interior e não chegou ao gol.Pelo Paranaense o próximo compromisso do furacão acontece no próximo domingo dante o Coritiba no Couto Pereira,porém na próxima terça o time principal entra em campo pela Copa do Brasil em Caxias do Sul no estádio Centenário as 21:30(horário de Brasilia).

O JOGO:

 O primeiro tempo foi bastante monótono na Arena da Baixada. Tanto o Atlético-PR como o Cianorte enfrentaram dificuldades para criar jogadas de perigo e tiveram de ter paciência para furar o bloqueio defensivo. Somente aos 23 minutos os visitantes conseguiram assustar o Furacão pela primeira vez. Xavier fez boa jogada individual, invadindo a área e batendo no canto esquerdo de Léo, que estava ligado para defender o arremate.
Quem esperava que depois da primeira oportunidade do Cianorte o jogo ia esquentar, se enganou. Após a investida de Xavier, as equipes se concentraram ainda mais na defesa, não dando brechas aos adversários e forçando a disputa pela bola entre as intermediárias. Desta maneira, os jogadores tiveram de se contentar em ir para o intervalo com o placar inalterado na Arena da Baixada.
No segundo tempo, ambos os times optaram por acionar jogadores mais tarimbados. Pelo lado do Cianorte, Richarlyson, ex-São Paulo, entrou em campo na vaga de Neto Costa. O volante Pierre, ex-Palmeiras e Atlético-MG, por sua vez, fez sua estreia com a camisa do Atlético-PR. Com mais força no meio-campo, o Furacão viu as mudanças do técnico Tiago Nunes surtirem efeito aos 24 minutos, quando Renan Lodi fez o cruzamento e viu a bola bater no travessão.
Embalado, o Atlético-PR voltou a assustar aos 28 minutos. Demethryus recebeu bom passe de Éderson, invadiu a área e bateu rasteiro, porém, o chute saiu fraco, facilitando a defesa do goleiro rival. Já aos 31 foi a vez de João Pedro cobrar falta no meio da barreira, que abriu, mas novamente Sílvio estava atento para ir na bola e jogar para escanteio. Como resposta, o Cianorte quase abriu o placar aos 36 minutos, quando Gerônimo arriscou de longe, batendo cruzado, entretanto, Léo fez grande defesa para garantir o empate sem gols aos donos da casa.
Ficha Técnica:
ATLÉTICO-PR 0 X 0 CIANORTE
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 27 de janeiro de 2018, sábado
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Murilo Ugolini Klein
Assistentes: Giovani Massoquetto e Leandro Glugoski
Público total: 7043 pessoas
Renda: R$ 156.540, 00
Cartões amarelos: Cascardo, Guilherme Ribeiro e Pierre (Atlético-PR); Montoya, Rafael Carrilho e Maikinho (Cianorte)

ATLÉTICO-PR:
 Leo; Cascardo, Zé Ivaldo, Emerson Silva e Renan Lodi; Guilherme Ribeiro (Pierre), Deivid e João Pedro; Giovanny (Demethryus), Yago (Felipe Dorta) e Éderson
Técnico: Tiago Nunes
CIANORTE: Sílvio; Gerônimo, Montoya, Marcão e Filipe Ramon; Rafael Carrilho, Sidnei e Rafael Xavier; Maikinho (Jovany), Neto Costa (Richarlyson) e André Luís (Clebinho)
Técnico: Marcelo Caranhato
Veja os melhores momentos da partida.

sábado, 27 de janeiro de 2018

Embalado furacão recebe o Cianorte na Arena da Baixada.


Na tarde desse sábado o time de "aspirantes"do furacão faz sua terceira apresentação dentro do campeonato Paranaense,em busca de manter os 100% de aproveitamento na competição o time do técnico Thiago Nunes recebe na arena o Cianorte,embalado pela grande vitoria fora de casa diante o Paraná o objetivo e conseguir mais um triunfo dentro de casa para ficar aina mais próximo da classificação a fase final da "Taça Dionisio Filho".

O TIME:

Para a partida o técnico Thiago Nunes certamente terá que fazer um alteração na equipe,em relação ao jogo contra o Paraná isso por que o zagueiro Léo Pereira expulso na Vila Capanema irá cumprir suspensão,assim o zagueiro Emerson fará sua estréia como titular na zaga atleticana,ainda existe uma dúvida em relação ao gol já que Santos e Léo travam uma "briga"de ponta pela vaga na meta rubro negra com isso uma provável formação do rubro negro para o jogo é:Santos(Léo),Cascardo,Emerson,Zé Ivaldo e Renan Lodi;Deivid,Bruno Guimarães,Yago,João Pedro e Gyovanny;Ederson.

O Cianorte:

Embalado pela vitoria diante o União na última rodada,o leão do vale busca surpreender jogando fora de casa,o time do técnico Marcelo Caranhato tem apenas uma dúvida para entrar em campo nesse sábado na arena,e ela esta no meio campo entre Maikinho que entrou como titular na última partida e o meia Richarlyson aquele mesmo que passou por São Paulo,Atlético-MG entre outras equipes situação que ainda não foi definida pelo treinador da equipe,com isso uma provável formação d Cianorte para o jogo é:Silvio,Gerônimo,Montoya,Marcão e Filipe Ramon;Sidnei,Carrilho e Xavier;Maikinho(Richarlyson),André Luis e Neto Costa.



Ficha Técnica:

ATLÉTICO PARANANESE X CIANORTE
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data 27 de janeiro de 2018, sábado
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Murilo Ugolini Klein
Assistentes: Giovani Marlus de Oliveira Massoquetto e Leandro Polli Glugoski
ATLÉTICO PARANANESE: Santos; Cascardo, Zé Ivaldo, Emerson e Renan Lodi; Bruno Guimarães, Deivid, Yago e João Pedro; Giovanny e Ederson
Técnico: Tiago Nunes
CIANORTE: Silvio, Gerônimo, Montoya, Marcão e Filipe Ramon; Sidnei, Carrilho e Xavier; Maikinho (Richarlyson), André Luís e Neto Costa.
Técnico:: Marcelo Caranhato.
Relembre o último duelo entre Atlético e Cianorte.

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Furacão é superior,e goleia o Paraná na Vila.


Mesmo jogando na Vila Capanema,o rubro negro não tomou conhecimento do Paraná Clube,e goleou o time tricolor por 3a0,com gols de João Pedro,Léo Pereira e Felipe Dorta o furacão foi soberano contra os tricolores e ainda contou com o goleiro Santos que logo no inicio da partida defendeu o pênalti cobrado por Zé Carlos.Essa foi a segunda vitoria rubro negra no estadual e assim sendo até aqui o único time invicto na competição,na próxima rodada o rubro negro recebe na arena da baixada  Cianorte.

O JOGO:

A partida começou morna na Vila, truncada, inclusive com algumas entradas mais duras. Até que, aos cinco minutos, Zezinho invadiu a área e foi derrubado. O árbitro anotou a penalidade. O estreante Zé Carlos bateu e Santos defendeu. Mesmo com a chance desperdiçada, o Tricolor seguia pressionando. Aos 12 minutos, Zezinho invadiu a área e bateu forte para outra grande defesa de Santos.
O Furacão finalmente apareceu no ataque, aos 16 minutos, com João Pedro, que cruzou na medida para Giovanny arrematar pela linha de fundo. Léo Pereira cochilou aos 20 minutos e entrou a bola nos pés de Alemão que, no entanto, chutou fraco, facilitando para Santos. O Rubro-Negro cresceu na partida e, aos 27 minutos, Zé Ivaldo aproveitou cobrança de escanteio para testar por cima da meta, com perigo.
Quando o ritmo da partida havia caído, aos 33 minutos, João Pedro recebeu de Cascardo e, de fora da área, acertou um belo chute no ângulo para balançar as redes e abrir a contagem. O Paraná tentou responder, aos 40 minutos, em jogada individual de Alex Santana, que chegou pela direita e cruzou, mas para ninguém.
Depois do intervalo, as equipes retornaram sem modificações. Aos cinco minutos, João Paulo e Zé Carlos tabelaram mas, ao entrar na área, foram travados por Zé Ivaldo, que afastou o perigo. Bola na área atleticana, aos sete minutos, mas Charles não conseguiu a finalização. O troco veio com Yago, que chutou forte, cruzado, pela linha de fundo, raspando o poste.
A partida era bem disputada, mas com poucas chances reais de gol. Aos 15 minutos, Junior recebeu em velocidade, tentou o arremate e pegou completamente torto na bola. O Furacão aposta nos contra-ataques e parecia mais organizado em campo. Até que, aos 29 minutos, João Pedro cobrou escanteio e Léo Pereira subiu para testar e marcar o gol.
Após tomar o segundo cartão amarelo por reclamação, Léo Pereira foi expulso e deixou o Furacão com um a menos em campo. O Tricolor da Vila não mostrava força para reagir e, para piorar, a chuva forte no final de partida dificultava o toque de bola. Aos 42 minutos, João Paulo cobrou falta na área, mas nas mãos de Santos. Para fechar o placar, aos 47 minutos, João Pedro mais uma vez fez a jogada e serviu Felipe Dorta, que só tocou para a rede.
Outras partidas – Mais quatro partidas agitaram a segunda rodada do Estadual. O Cascavel recebeu o Prudentópolis no Estádio Arnaldo Busato e venceu por 2 a 0. Já o Cianorte encarou o União, de Francisco Beltrão, e desencantou ao vencer também por 2 a 0. Enquanto isso, Foz do Iguaçu e Toledo ficaram no empate em 1 a 1, no Estádio ABC. Um pouco mais tarde, o Londrina conseguiu sua primeira vitória ao bater o Maringá por 2 a 0, no clássico regional disputado no Estádio do Café.
Ficha Técnica:
PARANÁ CLUBE 0 X 3 ATLÉTICO PARANAENSE
Local: Estádio Durival Brito e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 24 de janeiro de 2018, quarta-feira
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques
Assistentes: Bruno Boschilla e Edivanio Lopes de Souza Kirchner
Cartões amarelos:: Zezinho, Alex Santana, Gabriel Pires e Vitor Feijão (Paraná); Deivid e Léo Pereira (Atlético-PR)
Cartão vermelho : Léo Pereira (Atlético-PR)
Gols
ATLÉTICO PARANAENSE: João Pedro, aos 33 minutos do primeiro tempo e Léo Pereira, aos 29 minutos e Felipe Dorta, aos 47 minutos do segundo tempo
PARANÁ: Thiago Rodrigues; Júnior, Neris, Charles e Igor (Vitor Feijão); Zezinho (Felipe Augusto), Leandro Vilela, Alex Santana (Gabriel Pires), Alemão; João Paulo e Zé Carlos.
Técnico: Wagner Lopes
ATLÉTICO PARANAENSE: Santos; Cascardo, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Bruno Guimarães, Deivid, Yago (Demethryus)e João Pedro; Giovanny (Felipe Dorta) e Ederson (Emerson)
Técnico: Tiago Nunes
Veja os gols da vitoria rubro negra.

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Na Vila Capanema,furacão alternativo busca mais três pontos.


Após a estréia com vitoria jogando em casa,o rubro negro busca sua segunda vitoria no estadual jogando fora de casa,dentro da Vila Capanema o furacão enfrenta o Paraná com o objetivo de embalar na competição,após a estréia o time do técnico Thiago Nunes também espera uma melhor exibição diante o tricolor na Vila e para isso o treinador deverá fazer algumas alterações na equipe em relação a partida diante o Maringá.

O TIME:

Apesar de nada oficial e poucas informações,o rubro negro deve ter no minimo três mudanças na equipe,uma delas pode ser no gol isso por que pode haver um rodizio entre goleiros e dessa vez Santos pode iniciar como titular.Outra novidade deve estar na zaga isso por que o recém contratado Emerson foi inscrito no paranaense e deve fazer sua estreia a dúvida é se no lugar de Zé Ivaldo ou Léo Pereira,por fim a última mudança deve ser no meio de campo já que João Pedro deve iniciar como titular na vaga de Demetryus com isso o rubro negro deve ir a campo com:Léo(Santos),Cascardo,Zé Ivaldo(Emerson),Léo Pereira(Emerson) e Renan Lodi;Deivid,Bruno Guimarães,Yago,João Pedro e Giovanny;Ederson.

O Paraná:


Após comecar o campeonato com derrota,o Paraná Clube busca em casa sua reabilitação,e o time tricolor tem muitas dúvidas para a partida,isso por que além d enão poder contar com seus dois goleiros principais Richard e Luis Carlos,Hugo que foi titular diante o União não foi bem com isso o Paraná anunciou Thiago Rodrigues como novo goleiro,e já fará sua estreia diante o furacão.Outra dúvida está no meio de campo já que Leandro Vilela não treinou durante a semana e é dúvida,caso não jogue Zezinho deverá ser titular,já que está fora é o atacante Minho e assim Alemão Junior e Felipe Augusto brigam pela vaga com isso um provável Paraná para a partida é:Thiago Rodrigues; Júnior, Neris, Rayan e Igor (Gabriel Pires); Zezinho (Leandro Vilela), Alex Santana, João Paulo; Diego Gonçalves, Feijão e Alemão Junior (Felipe Augusto).

Ficha Técnica:

PARANÁ CLUBE X ATLÉTICO PARANAENSE
Local: Estádio Durival Brito e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 24 de janeiro de 2018, quarta-feira
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques
Assistentes: Bruno Boschilla e Edivanio Lopes de Souza Kirchner
PARANÁ: Thiago Rodrigues; Júnior, Neris, Rayan e Igor (Gabriel Pires); Zezinho (Leandro Vilela), Alex Santana, João Paulo; Diego Gonçalves, Feijão e Alemão Junior (Felipe Augusto).
Técnico: Wagner Lopes
ATLÉTICO PARANANESE: Léo(Santos),Cascardo,Zé Ivaldo(Emerson),Léo Pereira(Emerson) e Renan Lodi;Deivid,Bruno Guimarães,Yago,João Pedro e Giovanny;Ederson.
Técnico: Tiago Nunes.
Relembre o último confronto entre as duas equipes.

sábado, 20 de janeiro de 2018

Bom começo:Deivid e Felipe Dorta marcam,e furacão derrota o Maringá.


O aspirantes do furacão começaram com o pé direito o estadual de 2018,o furacão derrotou o Maringá na arena da baixada por 2a1 e conquistou os primeiros três pontos na competição.Após um começo intenso o furacão abriu o placar logo aos três minutos com Deivid mas ainda na primeira etapa sofreu o gol de empate em pênalti cobrado pelo atacante Bruno Batata,porém na segunda etapa o estreante Felipe Dorta em cobrança de falta deu números finais a partida na baixada,agora o rubro volta a campo na próxima quarta 20 horas na Vila Capanema diante o Paraná Clube.

O JOGO:

O Furacão começou pressionado e abriu o placar logo aos três minutos, com o capitão Deivid, que pegou sobra de bola após cobrança de falta e arrematou de esquerda para balançar a rede. O troco veio aos seis minutos, com Paulinho tentando o cruzamento e carimbando o travessão. O time do interior cresceu no jogo e levava perigo, como aos 12 minutos, em dividida de Bruno Batata que quase foi para o gol.

Porém, aos 17 minutos, Demethryus fez falta em Paulinho na área e o árbitro marcou a penalidade. Na cobrança, o experiente Bruno Barata cobrou com categoria e deixou tudo igual. Boa jogada individual de Paulinho, aos 25 minutos, terminado com um chute forte que bateu novamente no travessão antes de sair.
O jogo era equilibrado e, aos 28 minutos, Giovanny recebeu lançamento de Lodi, tocou na saída do goleiro Fábio, que se recuperou e salvou. Thiago Cristian cobrou falta, aos 35 minutos, e abola subiu demais, por cima da meta. Sem conseguir entrar na defesa do Maringá, Demethrys tentou o chute de muito longe, pela linha de fundo.
Para a segunda etapa, as equipe retornaram sem mudanças. Em sua principal arma, Paulinho arriscou mais um chute de longe, aos três minutos, a bola passou sem perigo. O ritmo da partida caiu em relação ao primeiro tempo. Aos 16 minutos, Ederson recebeu na área, viu o espaço para o chute, mas parou em Fábio.
Grande jogada de Lodi, com cruzamento na medida para Ederson, aos 20 minutos, mas Tiago Cristian apareceu na hora exata para afastar e salvar. Aos 22 minutos, João Pedro cobrou escanteio e Léo Pereira testou para defesa de Fábio. Falta na entrada da era para o Maringá, aos 30 minutos, Tiago Cristian cobrou e isolou a bola.
O Rubro-Negro voltou a ficar à frente no placar, aos 33 minutos, com cobrança de falta de Felipe Dorta, que desviou no meio do caminho e matou o goleiro, morrendo no fundo da rede. Ederson oportunidade clara para fazer o terceiro, aos 38 minutos, sozinho na área, mas conseguiu furar.
Ficha Técnica:
ATLÉTICO PARANAENSE 2 X 1 MARINGÁ
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 20/01/2018, sábado
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva
Assistentes: Diego Grubba Schitkovski e Heitor Alex Eurich
Cartões amarelos : Demethryus, Deivid (Atlético-PR); Egon, Chimbinha (Maringá)
Gols:
ATLÉTICO PARANANESE: Deivid, aos 03 minutos do primeiro tempo e Felipe Dorta, aos 33 minutos do segundo tempo
MARINGÁ: Bruno Batata, aos 19 minutos do primeiro tempo
ATLÉTICO PARANANESE: Leo; Cascardo, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Bruno Guimarães (Guilherme), Deivid, Yago e Demethryus (João Pedro); Giovanny (Felipe Dorta) e Ederson
Técnico: Tiago Nunes
MARINGÁ: Fábio; Rhuan, Alex, Egon e Thiago Cristian; Carlão, Rodrigo Dantas, Everton (Chimbinha) e Lucão (Washington); Paulinho (Edimar) e Bruno Batata
Técnico: Fernando Marchiori
Veja os gols da vitoria rubro negra contra o Maringá:


É dia de Rubro Negro:Com o time de aspirantes,furacão estréia no Paranaense.


Na tarde desse sábado,começa oficialmente o ano de 2018 para o furacão,se inicia mais uma edição do Campeonato Paranaense dessa vez o estadual está com formula diferente mas ao projeto do rubro negro para disputar a competição continua o mesmo.Assim como nas temporadas anteriores o furacão entra na competição com um time alternativo agora chamado de "aspirantes" onde tem como objetivo mesclar jovens jogadores com atletas mais experientes,e os desafios do técnico Tiago Nunes começam na arena da baixada contra o Maringá.

Preparação:

Tiago Nunes optou por preparar a equipe,em jogos treinos contra Joinville e Inter de Lages foram três partidas onde se conquistou duas vitorias uma derrota,e apesar das poucas informações os times que começaram os jogos foram mesclados durante os treinos.Com isso a equipe que entra em campo na tarde desse sábado fica como suspense até horas antes da partida pois jogadores como Ribamar,Matheus Rosseto e Matheus Anjos que seriam peças garantidas contra o Maringá foram chamados por Fernando Diniz para treinarem na equipe principal,e assim abrindo outras possibilidades e deixando o time indefinido,mas baseado e informações e no último treino de sexta feira uma provável formação para a partida desse sábado é:Santos(Léo),Diego Ferreira,Zé Ivaldo,Léo Pereira e Renan Lodi(Nicolas);Deivid,Bruno Guimarães(Pierre),Yago,Giovanny,João Pedro;Ederson.

O Maringá:

De volta a Elite,o Maringá vem a Curitiba em busca de surpreender logo na estreia,comandado pelo técnico Fernando Marchiori a equipe tem como grande destaque o experiente atacante Bruno Batata que é a esperança de gols da equipe maringaense com isso o Maringá deve ir a campo com:Fábio,Danilo,Alex,Egon e Renan;Carlão,Thiago,Dandan e Lucão;Chimbinha e Bruno Batata..


Ficha Técnica:
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 20/01/2018, sábado
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva
Assistentes: Diego Grubba Schitkovski e Heitor Alex Eurich


Atlético-PR:














Maringá:












terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Caras novas:Atlético apresenta o volante Pierre e o atacante Marcinho.


Na tarde dessa terça feira,o rubro negro apresentou oficialmente mais dos reforços para 2018,o volante Pierre de 35 ano que estava no Fluminense e o atacante Marcinho de 22 anos que che por empréstimo junto ao São Paulo.Ambos chegam para reforçar a equipe que irá disputar o estadual desse ano e já treinam com os demais atletas no CT do Caju,a seguir confira a ficha completa dos novos reforços do furacão.

Marcinho.

Nome completo: Márcio Antônio de Sousa Júnior
Posição: Atacante
Data de nascimento: 08/06/1995 [22 anos]
Local de nascimento: Itauçu (GO)
Clubes em que atuou: Vila Nova-GO (2011 e 2012), Corinthians (2012 a 2015), Ponte Preta (2015), Remo (2016), São Bernardo (2017) e São Paulo (2017).











Pierre.

Nome completo: Lucas Pierre Santos Oliveira
Posição: Volante 
Data de nascimento: 19/01/1982 [35 anos] 
Local de nascimento: Itororó (BA)

Clubes em que atuou: Ituano (SP), Paraná Clube (PR), Palmeiras (SP), Atlético Mineiro (MG) e Fluminense (RJ).
Títulos: Campeonato Paulista (2002 e 2008), Campeonato Mineiro (2012 e 2013 e 2015), Libertadores (2013), Recopa Sul-Americana (2014), Copa do Brasil (2014) e Primeira Liga (2016).
 














sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Cara nova na zaga:Atlético apresenta o zagueiro Emerson.


O furacão segue a todo vapor no mercado da bola,nessa sexta feira que chegou para reforçar o rubro foi zagueiro Emerson,aos 34 anos o experiente jogador chega para passar sua experiencia as atletas jovens dentro de campo,Emerson atuou na temporada de 2017 pelo Botafogo onde pouco atuou além do clube carioca o zagueiro também tem passagens por Coritiba,Avaí e Atlético-MG. seguir confira a ficha completa do novo reforço do furacão.

Ficha Técnica:

Nome: Emerson dos Santos da Silva
Posição: Zagueiro 
Data de nascimento: 03/05/1983 [34 anos] 
Local de nascimento: Taguatinga (DF)
 
Clubes em que atuou: Gama (DF), São Caetano (SP), Guarani (SP), Flamengo (RJ), Veranópolis (RS), Fortaleza (CE), Sertãozinho (SP), Avaí (SC), Coritiba (PR), Atlético Mineiro (MG) e Botafogo (RJ).
 
Títulos: Campeonato Brasiliense (2003), Campeonato Catarinense (2009 e 2010), Campeonato Paranaense (2011 e 2012), Copa do Brasil (2014), Recopa Sul-Americana (2014) e Superclássico das Américas (2011).

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Cara nova:Atlético anuncia a contratação do meia Raphael Veiga.


Na tarde dessa quinta feira a diretoria do furacão anunciou a contratação do meia Raphael Veiga de 22 anos,vindo do Palmeiras o jogador chega por empréstimo até o fim da temporada e é mais uma opção para o meio do rubro negro.O jogador que foi revelado pelo Coritiba e não teve muitas chances no Palmeiras já estava a algum tempo treinando no CT do caju porém o anúncio oficial só aconteceu nessa quinta feira(11),a seguir confira a ficha completa do novo meio campista do furacão.

Ficha Técnica:


 Raphael Veiga
Posição: Meia
Nome completo: Raphael Cavalcante Veiga
Data de nascimento: 19/06/1995 [22 anos]
Local de nascimento: São Paulo (SP)
Clubes em que atuou: Coritiba (2013 a 2016) e Palmeiras (2017)

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Reforço:Atlético anuncia a contratação do lateral Thiago Carleto.


Na tarde dessa quarta feira,a diretoria do furacão anunciou oficialmente mais um reforço para 2018,se trata do lateral esquerdo Thiago Carleto de 28 anos,o jogador foi eleito o melhor jogador da posição em 2017 pela revista placar e pelos canais ESPN assim ganhando o prêmio bola de prata.Carleto foi revelado nas categorias de base do Santos e acumula passagens também por São Paulo,Botafogo,Valência da Espanha e na temporada passada disputou o brasileirão pelo Coritiba,a seguir confira a fica completa do novo reforço do rubro negro.

Ficha Tecnica:

Nome completo: Thiago Carleto Alves
Posição: Lateral-esquerdo
Data de nascimento: 24 de março de 1989 [28 anos]
Local de nascimento: São Bernardo do Campo (SP)

Clubes em que atuou: Santos (SP), Valencia (Espanha), Elche (Espanha), São Paulo (SP), Olimpia (Paraguai), América Mineiro (MG), Fluminense (RJ), Ponte Preta (SP), Avaí (SC), Botafogo (RJ), XV de Piracicaba (SP), Arouca (Portugal), Linense (SP) e Coritiba (PR).
Títulos conquistados: Campeonato Paulista (2007), Campeonato Carioca (2012), Campeonato Brasileiro Série A (2012) e Campeonato Brasileiro Série B (2015).


sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Estadual:Atlético confirma Tiago Nunes no comando.


A diretoria do furacão confirmou oficialmente Tiago Nunes para comandar o time rubro negro na disputa do Campeonato Paranaense de 2018,aos 37 anos o profissional acumula bons resultados junto as categorias de base do rubro negro e irá ser o responsável pelo time sub-23 no estadual desse ano,em sua carreira o treinador também tem passagens por Juventude e Grêmio e outros clubes do Rio Grande do Sul todo nas categorias de base,além de ter conquistados resultados importantes nas categorias,a seguir confira a ficha completa do comandante do rubro negro no estadual desse ano.

Ficha Técnica:

Nome: Tiago Retzlaff Nunes
Data de nascimento: 15/02/1980 [37 anos]
Local de nascimento: Santa Maria (RS)
Clubes que comandou: Atlético Paranaense [Sub-19], Veranópolis (RS) [profissional], São Paulo (RS) [profissional], Juventude (RS) [Sub-20], Grêmio (RS) [Sub-15], Rio Branco (AC) [profissional], Luverdense (MT) [profissional] e São Luiz (RS) [profissional]
Títulos: Copa Serrana [2014], Campeonato Gaúcho Sub-15 [2013], Campeonato Acreano [2010], Campeonato Mato-grossense [2009], Campeonato Gaúcho - Segunda divisão [2005]

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Novo treinador:Atlético anuncia a contratação do técnico Fernando Diniz.


O furacão confirmou na tarde dessa quarta feira,a contratação do técnico Fernando Diniz o treinador chega para assumir o comando rubro negro na temporada além de assumir a função de "manager"do clube,cordenando também as categorias de base do clube.Fernando Diniz tem 43 anos e teve destaque sua passagem pelo Audax de São Paulo quando chegou até a decisão do campeonato paulista o acerto aconteceu após a negativa de Seedorf que era o nome desejado pela diretoria para assumir  a função,a seguir confira a ficha completa do novo treinador do furacão.

Ficha Técnica:

Fernando Diniz
Data de nascimento: 27/03/1974 [43 anos]
Local de nascimento: Patos de Minas (MG)
Clubes como técnico: Votoraty (SP), Paulista (SP), Atlético Sorocaba (SP), Botafogo (SP), Audax (SP), Guaratinguetá (SP), Paraná Clube, Oeste (SP) e Guarani (SP)