Deu pro gasto:Sem brilho,Atlético vence o America-MG na Arena.


Sem uma grande atuação,o Atlético derrotou o América-MG por 1a0 na tarde desse sábado na arena da baixada,com um gol solitário de Nikão o rubro negro conseguiu a reabilitação no Brasileirão e se aproximou do G-4.Na próxima rodada o furacão vai Belo Horizonte enfrentar o Cruzeiro.

O JOGO:

Com ambas as equipes muito bem na marcação, o jogo ficou bastante travado no meio-campo, tornando o duelo morno e com muitos pouco lances de emoção. Preso na eficiência defensiva do América-MG, o Furacão não conseguia “colocar fogo” no jogo, apesar de melhorar de rendimento após a metade do primeiro tempo, tendo até uma boa chance desperdiçada por André Lima.
Bem postado na defesa, o Coelho cumpria apenas metade de proposta tática, já que não mostrava poder ofensivo para puxar contra-ataques. Muito recuado, o América-MG quase pagou caro por isso no final do primeiro tempo, quando Vinícius cabeceou, com perigo, para fora, num dos poucos lances que quebraram o ritmo monótono da partida.
Na volta do intervalo, o jogo ficou mais animado e, logo nos primeiros segundos, o América-MG teve boa chance, mas Victor Rangel falhou na finalização. Assim como o atacante americano, o goleiro João Ricardo também vacilou aos sete minutos, em um chute inesperado de Nikão, que acabou abrindo o placar na Arenada Baixada.
Aproveitando o embalo proporcionado pelo gol, o Furacão quase ampliou com Giovanny, que, de dentro da área, bateu colocado para bela defesa de João Ricardo. Após o lance, o Atlético-PR diminuiu o ritmo e passou a administrar muito cedo o resultado, o que quase virou castigo, quando Juninho finalizou de dentro da área e a bola explodiu na defesa.
Com a chance perdida, o América-MG ensaiou uma pressão, aproveitando os lances de bola parada e os cruzamentos na área para o centroavante Borges. O Atlético-PR, porém, se acertou na partida e, após anular as investidas do Coelho, quase “matou” o jogo com André Lima, que tocou por cima.
No final do jogo, o Furacão, com alguns jogadores extenuados em campo, teve que se fechar na defesa para segurar o América-MG, que ainda levou perigo com Borges, que cabeceou por cima, perdendo a última chance do Coelho na partida.
Ficha Técnica:
ATLÉTICO-PR 1 X 0 AMÉRICA-MG
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 02 de julho de 2016, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Asp.Fifa-SP) e Rogério Pablos Zanardo (Asp.Fifa-SP)
Público: 11.758 presentes (10.137 pagantes)
Renda: R$ 150.110,00
Cartões Amarelos: Otávio e Vinícius (Atlético-PR); Jonas e Adalberto (América-MG)
GOL: Nikão aos sete minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Wanderson, Thiago Heleno (Marcão) e Sidcley; Otávio, Hernani, Vinícius (Walter) e Marcos Guilherme (Giovanny); Nikão e André Lima
Técnico: Paulo Autuori
AMÉRICA-MG: João Ricardo; Jonas (Pablo), Adalberto, Roger e Bruno Teles; Leandro Guerreiro, Juninho, Gilson (Tony) e Osman; Victor Rangel (Alan Mineiro) e Borges
Técnico: Sérgio Vieira