Outro tropeço:Atlético é derrotado pelo Internacional.


Não deu para o furacão em Porto Alegre,após fazer um bom primeiro tempo e perder boas chances de gol,o furacão acabou derrotado pelo time  gaúcho por 1a0 com o resultado o rubro negro sofreu a terceira derrota no brasileirão e ficou na vice lanterna do campeonato,na próxima rodada o rubro nego recebe o Santa Cruz na arena.

O JOGO:



 Com a pior defesa do Campeonato Brasileiro até então, o Atlético Paranaense foi ao Beira-Rio com uma proposta de jogo bem clara: marcar o Inter no ataque e impedir a saída de bola, com marcação alta. Durante todo o primeiro tempo o Atlético impôs dificuldades ao Inter com essa tática.
Aos 3 minutos, Thiago Heleno cabeceou para fora e aos 7, Marcos Guilherme chutou por cima do gol. Foram as primeiras finalizações do jogo, de parte do Atlético-PR. Aos 13 minutos, Walter correu pelo lado direito e chutou na trave – Eduardo chutou para fora no rebote. Aos 15 minutos, Giovanny recebeu pela esquerda, driblou William e chutou forte, na rede pelo lado de fora. Na primeira metade do primeiro tempo, o Atlético já havia construído quatro chances.
A primeira finalização colorada foi aos 24 do primeiro tempo, com Vitinho, após jogada de William e Gustavo Ferrareis pela direita. Na segunda metade do segundo tempo, o Inter acertou a marcação nos ataques rápidos do Atlético. Entre as medidas adotadas, Argel inverteu os laterais, colocando William pelo lado esquerdo. O Inter começou a chegar com mais perigo, com finalizações de Vitinho aos 36 e Paulão aos 37.
Aos 38, saiu o gol do Inter: Paulão cabeceou, Gustavo Ferrareis ajeitou e Vitinho concluiu para as redes: 1 a 0. No lance, houve dúvida: no cabeceio de Paulão, Cléberson dividiu com o jogador e levou a pior, caindo sangrando no gramado. O árbitro entendeu que não houve falta de Paulão e validou o gol. Cléberson, entretanto, não pôde continuar na partida, e foi substituído por Wanderson.
Aos 46, Fabinho torceu o tornozelo em uma dividida e foi substituído pelo volante Anselmo. As lesões fizeram o primeiro tempo ser encerrado aos 51 minutos.
Tentando mudar o jogo, o técnico rubro-negro Paulo Autuori colocou Vinícius e Ewandro em campo. No Inter, Alex entrou aos 23 minutos, chegando ao seu 300º jogo com a camisa colorada. O Colorado manteve a estratégia de atacar usando os lados do campo, abusando dos cruzamentos e buscando rebotes. Aos 31, quatro jogadores colorados tentaram chutar a gol – o último foi Fernando Bob, que tentou um chute de esquerda em curva que saiu alto.
O Atlético Paranaense, por sua vez, seguia sem conseguir atacar por erros em jogadas e passes. Aylon entrou no lugar de Gustavo Ferrareis aos 34 minutos para tentar cabeceios dentro da área.
Aos 45 do segundo tempo, o Atlético-PR teve a sua última chance, em uma falta lateral de Bob em Walter. A defesa do Inter, porém, tirou da área sem sustos.
Ficha Técnica:
INTERNACIONAL 1 X 0 ATLÉTICO-PR
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Público: 20.300 (17.374 pagantes)
Renda: R$ 600.080,00
Árbitro: Wagner Magalhães (RJ)
Assistentes: Dilbert Moisés (RJ) e Rogério Zanardo (SP)
Cartões Amarelos: Paulão, Fernando Bob, Andrigo e Anselmo (Inter); Deivid (Atlético-PR)
GOL: Vitinho, aos 38 minutos do 1º tempo
INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho (Anselmo), Gustavo Ferrareis (Aylon), Andrigo (Alex) e Sasha; Vitinho
Técnico: Argel Fucks
ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Cléberson (Wanderson), Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Deivid, Giovanny (Ewandro), Marcos Guilherme e Pablo (Vinícius); Walter
Técnico: Paulo Autuori
Veja como foi o jogo: