Desencantou:Atlético vence o Figueirense,e vence a primeira no brasileirão,


Demorou mas veio,o rubro negro venceu a Primeira no brasileirão,com gols de Ewandro e Thiago Heleno o furacão derrotou o Figueirense por 2a1 na arena e garantiu os três primeiros pontos no campeonato.Na próxima rodada o furacão vai até Porto Alegre onde enfrenta o Internacional no Beira Rio.

O JOGO:

A partida começou truncada, com muita marcação e dois times apenas se estudando. Aos seis minutos, a primeira boa descida do Figueira, com Bady desviando no caminho, quase encontrando Rafael Moura entrando na área. O Furacão tinha maior posse de bola, mas não finalizava. Perigo mesmo veio aos 13 minutos, com Nikão subindo para testar firme e carimbar o travessão.
Aos pouco o time da casa começava a pressionar e, aos 22 minutos, Eduardo cruzou e Ewandro, aproveitando o cochilo da zaga, desviou no cantinho para abrir o placar. A resposta quase veio aos 26 minutos, com Rafael Moura, que testou firme e acertou o poste. Weverton salvou o Atlético, aos 27 minutos, saindo do gol para afastar lançamento de Ermel.
Depois do gol sofrido, a equipe catarinense abandonou a postura mais recuada e passou a ditar as ações. Aos 35 minutos, Jocinei arriscou de longe e Weverton agarrou em dois tempos. Porém, quando um clima de apreensão já tomava a Arena, aos 43 minutos, Ewandro partiu para cima da defesa alvinegra, passou por três adversários e cruzou para Thiago Heleno marcar um golaço.
Depois do intervalo, as duas equipes voltaram com novidades. Pelo lado do Rubro-negro, Deivid retornou no lugar de Hernani. No Figueira, Michael Ortega entrou no lugar de Jocinei. O jogo caiu bastante tecnicamente no segundo tempo. Aos nove minutos, Ferrugem lançou Rafael Moura, mas Thiago Heleno apareceu para dar um bico e afastar.
Gatito Fernandéz operou um milagre, aos 17 minutos, parando um chute de primeira de Vinícius. A defesa do Atlético cochilou, bateu cabeça, e aos 28 minutos, Bruno Alves aproveitou cruzamento para descontar. O gol deu novo gás ao jogo. Aos 29 minutos, Nikão recebeu, girou o corpo e parou em defesa de Gatito.
Os dois treinadores mexeram nas equipes para, de um lado segurar o resultado e, do outro, buscar a igualdade. Aos 37 minutos, Walter finalizou e Gatito buscou mais uma. O jogo era aberto, mas faltava um pouco mais de capricho dos ataques. Aos 45 minutos, Dudu perdeu a última oportunidade para o Figueira, arrematando na trave. Vitória rubro-negra, no sufoco.
Ficha Técnica:
ATLÉTICO-PR 2 X 1 FIGUEIRENSE
Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 28 de maio de 2016, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (Fifa-PE)
Assistentes: Fabio Pereira (TO) e Marcelino Castro de Nazare (PE)
Cartões amarelos : Thiago Heleno (Atlético-PR); Jaime (Figueirense)
Gol
ATLÉTICO-PR: Ewandro, aos 22 minutos e Thiago Heleno, aos 43 minutos do primeiro tempo
FIGUEIRENSE: Bruno Alves, aos 28 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton, Eduardo, Cleberson, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani (Deivid), Ewandro (Pablo), Vinicius e Nikão; André Lima (Walter)
Técnico: Paulo Autuori
FIGUEIRENSE: Gatito Fernandéz; Ayrton, Jaime, Bruno Alves e Marquinhos Pedroso; Elicarlos, Jocinei (Michael Ortega), Ferrugem (Dudu) e Bady; Guilherme Queiroz e Rafael Moura
Técnico: Vinícius Eutrópio.