Novo comandante:Paulo Autuori é novo técnico do Atlético.



E o furacão já tem novo técnico,nessa segunda feira a diretoria do rubro negro anunciou a contratação de Paulo Autuori treinador de 52 anos de idade,em seu curriculum o treinador tem muitos clubes de expressão e títulos expressivos como por exemplo,duas Libertadores,dois ampeonatos brasileiros e um mundial de clubes,a ultima equipe treinada por Autuori foi o Cerezo Ozaka do Japão clube que se desligou no fim de 2015,já em território brasileiro o último clube do treinador foi o Atlético-MG onde conquistou 62% de aproveitamento.A seguir veja a ficha técnica do novo treinador atleticano.

Ficha Técnica:

Nome: Paulo Autuori de Mello
Nascimento: 25/08/1956 (59 anos)
Local: Rio de Janeiro (RJ)
Clubes que comandou: Portuguesa (RJ); América (RJ); Santo Bento (SP); Marília (SP); Bonsucesso (RJ); Botafogo (RJ); Vitória de Guimarães (Portugal); Nacional (Portugal); Marítimo (Portugal); Benfica (Portugal); Cruzeiro (MG); Flamengo (RJ); Internacional (RJ); Santos (SP); Alianza Lima (Peru); Sporting Cristal (Peru); Seleção do Peru; São Paulo (SP); Kashima Antlers (Japão); Al-Rayyan (Qatar); Grêmio (RS); Seleção Olímpica do Qatar; Seleção Principal do Qatar; Vasco da Gama (RJ); Atlético Mineiro (MG) e Cerezo Osaka (Japão).
Títulos conquistados: Mundial de Clubes da FIFA (2005); Copa Libertadores da América (1997 e 2005); Campeonato Brasileiro (1995); Campeonato Mineiro (1997); Campeonato Peruano Apertura (2001 e 2012); Campeonato Peruano Clausura (2002); Copa del Emir (2010 e 2011).

Tudo igual:Atlético fia no empate com o Londrina.


O Atlético não saiu do empate em 1a1 com o Londrina no estádio VGD em Londrina,após sair perdendo o rubro negro chegou ao empate com um gol de falta marcado por Vinicius teve boas chances para virar o jogo porém não aproveitou,agora o rubro negro retorna a campo na próxima quarta feira contra o Cruzeiro pela Primeira Liga já pelo estadual no próximo fim de semana contra o PSTC.

O JOGO:

 O primeiro lance de perigo da partida aconteceu logo aos três minutos, com Walter, que recebeu na área, a tocou por cobertura, facilitando a ação da defesa que, no entanto, espanou e entregou novamente para o atacante fuzilar nas mãos de Marcelo. Walter arriscou mais uma, de fora da área, aos sete, mas muito fraca. A resposta veio com Pulinho Moccelin, que bateu forte e deu trabalho a Weverton, que soltou a bola e contou com o apoio da defesa.
O jogo era muito brigado no meio-campo e equilibrado, com duas equipes tentando achar os espaços e suportar o forte calor. Aos 17 minutos, Bruno Batata tentou o lançamento em profundidade, mas a bola correu demais e facilitou a saída de Weverton. Aos 20 minutos, Walter desceu pela direita e chutou cruzado. A bola atravessou a área e ninguém aproveitou. Aos 28 minutos, depois da parada técnica, Silvio aproveitou cobrança de falta e testou na trave. No rebote, Deivid salvou.
O jogo melhorou muito e, aos 32 minutos, Bidía recebeu na área, matou com estilo e fuzilou para bancar as redes e abrir o placar. Aos 35 minutos, Raí Ramos chutou de longe e Weverton cedeu escanteio. O Tubarão vivia um bom momento na partida. Aos 42 minutos, Germano abriu espaço e chutou por cima da meta.
Depois do intervalo, o Furacão voltou com Marcos Guilherme no lugar de Cryzan. Aos três minutos, Vinícius recebeu com total liberdade na área e Marcelo apareceu para fazer grande defesa. Um minuto depois, o goleiro londrinense salvou mais uma, parando chute de Walter. O Rubro-Negro voltou melhor e pressionava.
Cobrando falta na entrada da área, aos 13 minutos, Vinícius acertou o cantinho e deixou tudo igual no placar. Na resposta, Netinho, também de bola parada, parou nas mãos de Weverton. O jogo era aberto, com os dois lados buscando o segundo gol. Aos 23 minutos, Netinho levantou e Batata testou para intervenção do goleiro atleticano. Marcos Guilherme arriscou de longe, aos 27 minutos, à esquerda da meta.
O Atlético parecia melhor fisicamente e estava com mais volume de jogo nos minutos finais do duelo. Aos 38 minutos, Nikão pegou sobra de bola, mandou o petardo e a bola foi pela linha de fundo com grande perigo.
Ficha Técnica:
LONDRINA 1 X 1 ATLÉTICO-PR
Local: Estádio Vitorino Gonçalves Dias, em Londrina (PR)
Data: 06 de março de 2016, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Jr.
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos e André Luiz Severo
Cartões amarelos: Bidía, Luizão e Yaya (Londrina); Marcos Guilherme, Thiago Heleno (Atlético-PR)
Gols
LONDRINA: Bidía, aos 32 minutos do primeiro tempo
ATLÉTICO-PR: Vinícius, aos 13 minutos do segundo tempo
LONDRINA:Marcelo Rangel; Raí Ramos, Silvio, Luizão e Paulinho; Bidia (Rafael Gava), Germano, Paulinho Mocelin (Yaya) e Zé Rafael (Quirino); Bruno Batata e Netinho
Técnico: Claudio Tencati
ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Christián Vilches, Thaigo Heleno e Roberto; Deivid, Otávio e Vinícius (Ewandro); Cryzan (Marcos Guilherme), Anderson Lopes (Nikão) e Walter.
Técnico: Bruno Pivetti (interino)
Veja os gols do jogo: