Festa com vitória:Otávio maraca e Atlético derrota o Criciúma.


furacão derrotou o Criciúma por 1a0 na arena da baixada pela primeira liga,em um jogo festivo marcado pela estréia do gramado sintético no caldeirão o rubro negro encontrou um jogo difícil diante os catarinenses,e com gol do volante Otávio garantiu os três pontos em casa.Agora o furacão volta a campo no próximo domingo diante o Paraná Clube na Vila Capanema.

O JOGO:

 A festa acabou quando a bola rolou e os times partiram em busca dos três pontos. Logo no primeiro minuto, Otávio pegou sobra de bola e testou Luiz, que foi muito bem, encaixando a bola. Aos cinco minutos, Vinícius recebeu a bola e bateu de primeira para boa defesa de Luiz. Só dava Furacão na Arena e, aos 11 minutos, Cryzan subiu na área para testar pela linha de fundo.
Apesar da pressão atleticana, o jogo não era dos melhores, um pouco truncado. Walter não tinha muito espaço para jogar, mas ainda assim deu uma boa assistência para Cryzan, aos 19 minutos, em mais uma cabeçada para fora. O atacante rubro-negro tentou partir para a jogada individual, aos 25 minutos, fintou duas vezes e bateu raspando a trave.
A primeira finalização do Tigre aconteceu apenas aos 27 minutos, com Marlon, que arriscou de longe, sem perigo algum. Luiz voltou a trabalhar bem aos 29 minutos, em arremate de Walter. O Criciúma perdeu Jheimy por lesão aos 34 minutos, Ricardinho, ex-Paraná, entrou.  A torcida chegou a soltar o grito, aos 45 minutos quando Walter lançou Eduardo, que chutou na saída de Luiz na rede, mas pelo lado de fora.
Para a segunda etapa, as equipes retornaram sem modificações. Novamente pressionado, o Furacão foi para o ataque e, aso dois minutos, após confusão na área em cobrança de escanteio, a bola carimbou a trave. Na resposta, Eduardo Guedes recebeu e arriscou o chute em cima da defesa.
O torcedor tentava empurrar o Rubro-Negro fora de campo, tentando deixar o time mais aceso. Aos 15 minutos, Vinícius cobrou falta, Walter bateu cruzado, a bola desviou, entrou no gol, mas o árbitro anulou marcando o impedimento.  Aos 18, Vinícius tabelou com Nikão e chutou fraco, fácil para Luiz. Preocupado com o lado esquerdo do time, Cristóvão Borges colocou em campo Sidcley e Nikão.
Mostrando ansiedade, o Atlético não conseguia criar mais com eficiência. Aos 29 minutos, Elvis arriscou de muito longe e isolou. O troco veio com Walter, que dominou na entrada da área e finalizou nas mãos de Luiz. A última aposta de Cristóvão foi a entrada de André Lima. E foi o atacante que tocou para trás aos 41 minutos e viu o chute de Otávio, que acertou o ângulo, marcou o primeiro gol da nova Arena com gramado sintético, garantiu a vitória e a festa do torcedor.
Ficha Técnica:
ATLÉTICO-PR 1 x 0 CRICIÚMA
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 24 de fevereiro de 2016, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Jeferson Antônio da Costa (MG)
Assistentes: Magno Arantes Lira (MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)
Cartões amarelos :  Deivid (Atlético-PR); Diego Giaretta, Douglas Moreira e Rafael Silva (Criciúma)
Gol:
ATLÉTICO-PR: Otávio, aos 41 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Christián Vilches, Paulo André e Roberto (Sidcley); Deivid, Otávio e Vinícius; Cryzan (Nikão), Anderson Lopes (André Lima) e Walter.
Técnico: Cristóvão Borges
CRICIÚMA: Luiz; Ezequiel, Raphael Silva, Diego Giaretta e Marlon; Barreto, Douglas Moreira e Elvis (Natan); Roger Guedes, Bruno Lopes (Jefferson) e Jheimy (Ricardinho)
Técnico: Roberto Cavalo
Veja como foi o jogo