O brilho do estreante:André Lima marca duas vezes,e furacão derrota o Operário.


Foi a tarde do furacão,foi a tarde do estreante André Lima pois com 2 gols do atacante o furacão derrotou o Operário por 2a0 em Ponta Grossa na sua estréia no estadual 2016,depois de um primeiro tempo sem gols o experiente atacante entrou na segunda etapa e se tornou peça decisiva decidindo o jogo em favor do rubro negro,e garantindo os três primeiros pontos do time no Paranaense 2016.Na segunda o rodada que acontece na próxima quarta feira o rubro negro recebe o Maringá,as 19:30 no ecostádio.

O JOGO:

A partida teve início com algumas divididas, marcações de faltas e poucas chances claras de gol. No entanto, na primeira grande oportunidade do jogo, o Atlético-PR quase abriu o placar. Aos 19, Anderson Lopes recebeu passe de Vinícius, driblou o goleiro Juninho e chutou. No entanto, o zagueiro Douglas Mendes apareceu em cima da linha para salvar o Operário.
Anderson Lopes voltou a assustar, aos 27. O atacante arriscou chute de fora e obrigou Juninho a fazer a defesa. O Operário respondeu na mesma moeda, aos 29. Danilo Bahia também tentou um arremate, da entrada da área, e quase abriu o placar, com a bola passando muito próxima.
Sem outras chances claras de gol, a partida se encaminhou para o intervalo com o empate em 0 a 0 entre as equipes.
O jogo voltou mais movimentando para a segunda etapa. Aos dois minutos, Wallacer arriscou de fora da área e obrigou Weverton a fazer uma defesa firme. Logo na sequência, aos quatro, o Operário assustou mais uma vez. Após receber boa bola na área, Juba isolou o chute e perdeu a oportunidade de marcar.
Aos seis foi a vez do Atlético-PR assustar. O goleiro Juninho falhou ao cortar o cruzamento de Léo e quase permitiu ao Furacão sair na frente do placar. Na sequência, aos nove, Cryzan mandou de cabeça e também ofereceu grande perigo ao Fantasma.
O Operário voltou a ter uma oportunidade aos 21. Rafinha recebeu lançamento de Lucas por cima da marcação, mas desperdiçou sua chance. Na sequência, aos 23, Juba obrigou Weverton a fazer uma defesa em dois tempos.
Na parte final da segunda etapa, o Atlético-PR passou a ser mais contundente. Aos 25, o goleiro Juninho teve que fazer grandes defesas para evitar que as cabeçadas de André Lima e Paulo André fossem para o gol.
No entanto, o arqueiro não conseguiu evitar o pior aos 29 minutos. André Lima recebeu dentro da área e desta vez não perdoou. Com um chute na saída do goleiro, o atacante balançou as redes e colocou o Furacão em vantagem.
O Atlético-PR teve a chance de matar o jogo aos 34. Ewandro aproveitou erro de Lucas, roubou a bola e serviu Sidcley. O lateral recebeu sozinho, mas acabou perdendo uma oportunidade incrível.
Apesar do gol perdido, o Furacão não sofreu pressão e ainda conseguiu ampliar, aos 46 minutos. André Lima aproveitou cruzamento de Vinícius e fez seu segundo tento na partida para liquidar o placar e garantir o triunfo para o Atlético-PR.
Ficha Técnica:
OPERÁRIO-PR 0 X 2 ATLÉTICO-PR
Local: Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR)
Data: 31 de janeiro de 2016, domingo
Hora: 17h (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Luiz Henrique Renesto (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Cartão Amarelo: Operário-PR – Reinaldo e Lucas
Gols: Atlético-PR – André Lima, aos 29 e 46 minutos do segundo tempo
OPERÁRIO-PR: Juninho; Danilo Baia, Douglas Mendes, Sosa e Peixoto; Chicão, Lucas, Rafinha e Wallacer (Alessandro); Reinaldo (Nathan) e Juba
Técnico: Antonio Picoli
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Vilches, Paulo André, Roberto; Otávio, Deivid, Vinícius, Marcos Guilherme (Ewandro), Anderson Lopes (Sidcley) e Crysan (André Lima).
Técnico: Cristóvão Borges
Veja os gols da vitoria do furacão contra o Operário:


Em busca do titulo:Atlético estreia no estadual diante o Operário.


Na tarde desse domingo,o furacão estreia em mais uma edição do campeonato Paranaense,em 2016 o furacão inicia de uma maneira diferente já que o clube dessa vez optou por dar seriedade a competição e vai disputar com equipe principal.O inicio da caminhada acontece as 17 horas diante o atual campeão estadual o Operário no estádio Germano Krüger em Ponta Grossa,o furacão que não conquista o campeonato desde 2009 espera ter um bom começo diante do fantasma e iniciar como favorito para a conquista do campeonato em 2016.E para iniciar a competição o técnico Cristovão Borges não deverá ter mudanças na equipe em relação ao jogo contra o Fluminense no meio da semana.

O TIME:

Para a partida,o treinador ainda não terá o lateral esquerdo Pará que se recupera de lesão,e o atacante Walter que ainda aprimora a parte física,além de André Lima que ainda foi registrado e também vem fazendo trabalhos físicos.Por outro lado o zagueiro Thiago Heleno foi registrado e fica a disposição do técnico Cristovão Borges no restante o furacão deve iniciar o jogo com a mesma equipe que enfrentou o Fluminense.

O Operário:

Atual campeão estadual,o fantasma inicia sua trajetória diante da sua torcida uma das principais irmas da equipe para a disputa do estadual.além disso aposta no bom retrospecto diante do furacão jogando em Ponta Grossa e na manutenção da parte do elenco que conquistou o titulo em 2015 a grande novidade no time fica por conta do técnico Antônio Picoli que fará sua estréia no comando do fantasma quanto ao time,a provável escalação do fantasma é:Juninho; Danilo Baia, Douglas Mendes, Sosa e Peixoto; Chicão, Lucas, Rafinha e Wallacer; Juba e Reinaldo Mineiro.

Ficha Técnica:

OPERÁRIO X ATLÉTICO-PR
Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR)
Data: 31 de janeiro de 2016, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Jr (PR)
Assistentes: Luiz F. de Souza S. Renesto (PR) e Victor Hugo I. dos Santos (PR)
OPERÁRIO: Juninho; Danilo Baia, Douglas Mendes, Sosa e Peixoto; Chicão, Lucas, Rafinha e Wallacer; Juba e Reinaldo Mineiro.
Técnico: Antônio Picoli
ATLÉTICO-PR : Weverton; Léo, Christián Vilches, Paulo André e Roberto; Deivid, Otávio e Vinícius; Anderson Lopes, Marcos Guilherme e Crysan.
Técnico: Cristóvão Borges
Relembre Operario e Atlético em 2015.