O brilho do estreante:André Lima marca duas vezes,e furacão derrota o Operário.


Foi a tarde do furacão,foi a tarde do estreante André Lima pois com 2 gols do atacante o furacão derrotou o Operário por 2a0 em Ponta Grossa na sua estréia no estadual 2016,depois de um primeiro tempo sem gols o experiente atacante entrou na segunda etapa e se tornou peça decisiva decidindo o jogo em favor do rubro negro,e garantindo os três primeiros pontos do time no Paranaense 2016.Na segunda o rodada que acontece na próxima quarta feira o rubro negro recebe o Maringá,as 19:30 no ecostádio.

O JOGO:

A partida teve início com algumas divididas, marcações de faltas e poucas chances claras de gol. No entanto, na primeira grande oportunidade do jogo, o Atlético-PR quase abriu o placar. Aos 19, Anderson Lopes recebeu passe de Vinícius, driblou o goleiro Juninho e chutou. No entanto, o zagueiro Douglas Mendes apareceu em cima da linha para salvar o Operário.
Anderson Lopes voltou a assustar, aos 27. O atacante arriscou chute de fora e obrigou Juninho a fazer a defesa. O Operário respondeu na mesma moeda, aos 29. Danilo Bahia também tentou um arremate, da entrada da área, e quase abriu o placar, com a bola passando muito próxima.
Sem outras chances claras de gol, a partida se encaminhou para o intervalo com o empate em 0 a 0 entre as equipes.
O jogo voltou mais movimentando para a segunda etapa. Aos dois minutos, Wallacer arriscou de fora da área e obrigou Weverton a fazer uma defesa firme. Logo na sequência, aos quatro, o Operário assustou mais uma vez. Após receber boa bola na área, Juba isolou o chute e perdeu a oportunidade de marcar.
Aos seis foi a vez do Atlético-PR assustar. O goleiro Juninho falhou ao cortar o cruzamento de Léo e quase permitiu ao Furacão sair na frente do placar. Na sequência, aos nove, Cryzan mandou de cabeça e também ofereceu grande perigo ao Fantasma.
O Operário voltou a ter uma oportunidade aos 21. Rafinha recebeu lançamento de Lucas por cima da marcação, mas desperdiçou sua chance. Na sequência, aos 23, Juba obrigou Weverton a fazer uma defesa em dois tempos.
Na parte final da segunda etapa, o Atlético-PR passou a ser mais contundente. Aos 25, o goleiro Juninho teve que fazer grandes defesas para evitar que as cabeçadas de André Lima e Paulo André fossem para o gol.
No entanto, o arqueiro não conseguiu evitar o pior aos 29 minutos. André Lima recebeu dentro da área e desta vez não perdoou. Com um chute na saída do goleiro, o atacante balançou as redes e colocou o Furacão em vantagem.
O Atlético-PR teve a chance de matar o jogo aos 34. Ewandro aproveitou erro de Lucas, roubou a bola e serviu Sidcley. O lateral recebeu sozinho, mas acabou perdendo uma oportunidade incrível.
Apesar do gol perdido, o Furacão não sofreu pressão e ainda conseguiu ampliar, aos 46 minutos. André Lima aproveitou cruzamento de Vinícius e fez seu segundo tento na partida para liquidar o placar e garantir o triunfo para o Atlético-PR.
Ficha Técnica:
OPERÁRIO-PR 0 X 2 ATLÉTICO-PR
Local: Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR)
Data: 31 de janeiro de 2016, domingo
Hora: 17h (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Luiz Henrique Renesto (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Cartão Amarelo: Operário-PR – Reinaldo e Lucas
Gols: Atlético-PR – André Lima, aos 29 e 46 minutos do segundo tempo
OPERÁRIO-PR: Juninho; Danilo Baia, Douglas Mendes, Sosa e Peixoto; Chicão, Lucas, Rafinha e Wallacer (Alessandro); Reinaldo (Nathan) e Juba
Técnico: Antonio Picoli
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Vilches, Paulo André, Roberto; Otávio, Deivid, Vinícius, Marcos Guilherme (Ewandro), Anderson Lopes (Sidcley) e Crysan (André Lima).
Técnico: Cristóvão Borges
Veja os gols da vitoria do furacão contra o Operário:


Em busca do titulo:Atlético estreia no estadual diante o Operário.


Na tarde desse domingo,o furacão estreia em mais uma edição do campeonato Paranaense,em 2016 o furacão inicia de uma maneira diferente já que o clube dessa vez optou por dar seriedade a competição e vai disputar com equipe principal.O inicio da caminhada acontece as 17 horas diante o atual campeão estadual o Operário no estádio Germano Krüger em Ponta Grossa,o furacão que não conquista o campeonato desde 2009 espera ter um bom começo diante do fantasma e iniciar como favorito para a conquista do campeonato em 2016.E para iniciar a competição o técnico Cristovão Borges não deverá ter mudanças na equipe em relação ao jogo contra o Fluminense no meio da semana.

O TIME:

Para a partida,o treinador ainda não terá o lateral esquerdo Pará que se recupera de lesão,e o atacante Walter que ainda aprimora a parte física,além de André Lima que ainda foi registrado e também vem fazendo trabalhos físicos.Por outro lado o zagueiro Thiago Heleno foi registrado e fica a disposição do técnico Cristovão Borges no restante o furacão deve iniciar o jogo com a mesma equipe que enfrentou o Fluminense.

O Operário:

Atual campeão estadual,o fantasma inicia sua trajetória diante da sua torcida uma das principais irmas da equipe para a disputa do estadual.além disso aposta no bom retrospecto diante do furacão jogando em Ponta Grossa e na manutenção da parte do elenco que conquistou o titulo em 2015 a grande novidade no time fica por conta do técnico Antônio Picoli que fará sua estréia no comando do fantasma quanto ao time,a provável escalação do fantasma é:Juninho; Danilo Baia, Douglas Mendes, Sosa e Peixoto; Chicão, Lucas, Rafinha e Wallacer; Juba e Reinaldo Mineiro.

Ficha Técnica:

OPERÁRIO X ATLÉTICO-PR
Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR)
Data: 31 de janeiro de 2016, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Jr (PR)
Assistentes: Luiz F. de Souza S. Renesto (PR) e Victor Hugo I. dos Santos (PR)
OPERÁRIO: Juninho; Danilo Baia, Douglas Mendes, Sosa e Peixoto; Chicão, Lucas, Rafinha e Wallacer; Juba e Reinaldo Mineiro.
Técnico: Antônio Picoli
ATLÉTICO-PR : Weverton; Léo, Christián Vilches, Paulo André e Roberto; Deivid, Otávio e Vinícius; Anderson Lopes, Marcos Guilherme e Crysan.
Técnico: Cristóvão Borges
Relembre Operario e Atlético em 2015.

Bom começo:Em jogo quente,Atlético bate o Fluminense em Volta Redonda.


O jogo pode ter sido de caráter amistoso,mas dentro de campo o papo foi outro em uma partida com direito a expulsões ,pênalti perdido e gol de Vinicius contra seu ex clube o furacão derrotou o Fluminense por 1a0 na estréia da primeira liga em Volta Redonda.Em jogo muito pegado o furacão se impôs e saiu vencedor na partida com gol de Vinicius e um pênalti defendido por Weverton,agora o rubro negro se prepara para mais uma estréia no próximo domingo o furacão vai até Ponta Grossa,para enfrentar o Operário na estreia do estadual 2016.

O JOGO:

O Fluminense começou a partida no ataque, enquanto o Atlético-PR mostrava muita cautela. Aos seis minutos, o Tricolor criou a primeira jogada de perigo. Wellington Silva cruzou e Gustavo Scarpa cabeceou para fora.
O meia Vinicius que trocou o Fluminense pelo Furacão era perseguido pela torcida carioca e vaiado cada vez que tocava na bola.
Aos 14 minutos, o Fluminense criou a primeira real oportunidade de gol. Felipe Amorim cruzou da direita e Fred completou, de primeira, mas a bola saiu.
A resposta do Atlético-PR veio aos 18 minutos. Após cobrança de escanteio, Vilches chutou. A bola passou por Cavalieri e Wellington Silva salvou em cima da linha.
O lance fez o time visitante criar novo ânimo da partida e equilibrar as ações. O time dirigido por Cristovão Borges utilizava os lados do campo para abrir espaços na defesa tricolor.
Aos 32 minutos, após rápida troca de passes, Marcos Guilherme recebeu na corrida e chutou na rede pelo lado de fora.  Só aos 39 minutos é que o Tricolor das Laranjeiras chegou no ataque, mas o cruzamento de Wellington Silva acabou bloqueado pela zaga paranaense. Aos 42 minutos, após cobrança de escanteio, Gum cabeceou para fora.
Os dois times voltaram sem mudanças para o segundo tempo e o Fluminense voltou bem melhor, forçando o jogo pela direita, com Felipe Amorim que levava vantagem sobre seus marcadores.
Aos sete minutos, antes da cobrança de escanteio, Fred agrediu Léo com um soco na nuca, mas o árbitro, de costas para o lance, acabou expulsando os dois jogadores.
No Atlético-PR, o técnico Cristovão Borges colocou Eduardo para recompor a defesa, enquanto o técnico tricolor deu mais liberdade ao atacante Felipe Amorim para se movimentar por todos os lados do campo. Logo depois, Eduardo Baptista colocou o experiente atacante Magno Alves no lugar do meia Gustavo Scarpa.
Aos 16 minutos, o Fluminense desperdiçou uma grande chance. O lateral esquerdo Ayrton recebeu diante de Weverton, mas o goleiro paranaense fechou o ângulo e impediu o gol da equipe carioca.
Aos 25 minutos, o Atlético marcou o primeiro gol. O lateral Eduardo fez ótima jogada pela direita e cruzou. Vinicius apareceu entre os zagueiros e tocou no canto direito de Cavalieri.
O treinador do Fluminense colocou Marcos Junior para tentar dar mais força ofensiva ao time. Aos 32 minutos, o goleiro Weverton saiu com precisão e salvou com os pés, antes que Magno Alves chegasse para concluir.
Aos 35 minutos, Eduardo derrubou Marcos Junior que se preparava para cabecear. O árbitro marcou pênalti, mas o Fluminense desperdiçou a cobrança. Cícero bateu e Weverton defendeu. A bola sobrou para Gum que completou para nova defesa do goleiro da equipe paranaense. Aos 39, Marcos Junior arriscou de fora da área e a bola saiu.
Nos minutos finais, a equipe carioca partiu desesperadamente para buscar o gol do empate, principalmente através das investidas do lateral Léo Pelé. Aos 43 minutos, Marcos Junior foi derrubado nas proximidades da grande área, mas o goleiro Weverton apareceu bem para rebater, de soco, e aliviar o perigo.
Ficha Técnica:
FLUMINENSE-RJ 0 X 1 ATLÉTICO-PR
Local: estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 27 de janeiro de 2016, quarta-feira
Hora: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Célio Amorim (SC)
Assistentes: Alex Santos e Johnny Barros de Oliveira (ambos de SC)
Cartão Amarelo: Cícero(Flu);  Vinicius, Crysan(AP)
Cartão Vermelho: Fred(Flu) e Léo(AP)
Gol: ATLÉTICO-PR: Vinicius, aos 25 minutos do segundo tempo
FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Gum, Nogueira e Ayrton(Léo Pelé); Edson e Cícero; Felipe Amorim(Marcos Junior), Danielzinho e Gustavo Scarpa(Magno Alves); Fred
Técnico: Eduardo Baptista
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Christián Vilches, Paulo André, Roberto; Deivid, Otávio, Vinícius(Sidcley) e Marcos Guilherme; Anderson Lopes(Eduardo) e Crysan(Marcos Damasceno)
Técnico: Cristóvão Borges
Veja como foi a vitoria do furacão contra o Fluminense.

Que venha 2016:Atlético abre sua temporada contra o Fluminense na Primeira Liga.


E a temporada de 2016 começa para o furacão nessa quarta feira(27) no estádio Raulino de Oliveira em Volta Redonda,um furacão renovado com muitas caras novas e de energias renovadas inicia a temporada cheio de expectativas devido ao seu investimento no time,na grama sintética da arena da baixada,e no apoio para a criação da Primeira Liga competição independe que o clube apoia de uma maneira para "peitar" a CBF(Confederação Brasileira de Futebol),e iniciar uma mudança no calendário nacional.
 A partir das 19:30 dessa quarta feira o rubro negro inicia mais uma longa temporada sendo a Primeira Liga a primeira competição das outras quatro que o rubro negro ira disputar essa temporada e embora tenha sido um dos times que mais reforçou até aqui não terá todos seus reforços diante do tricolor carioca em Volta Redonda.

O TIME:

Durante o período de pré temporada além dos oito reforços anunciados pela diretoria,o rubro negro fez dois jogos treinos no CT do Caju um contra o Marcilio Dias no qual venceu por 7a0,e o outro diante o Red Bull Brasil onde acabou derrotado por 3a2 no restante o técnico Cristovão Broges fez apenas treinos para a montagem da equipe que enfrenta o Fluminense.Quanto a equipe que vai a campo o furacão não poderá contar com todos os reforços que chegaram isso por que,o lateral Pará está com uma lesão no tornozelo e está vetado pelo DM,já o zagueiro Thiago Heleno e o atacante Walter não tiveram seu contratos regularizados e não poderão atuar além de André Lima que está aprimorando a parte física.Por outro lado o lateral Léo,o zagueiro Paulo André,o meia Vinicius e o atacante Anderson Lopes estão regularizados e devem ir para o jogo


Fluminense:

Para estrear na Primeira Liga o técnico Eduardo Baptista preparou um Fluminense sem muitas novidades,a principal pode ser Felipe Amorim que disputa uma vaga no ataque ao lado de Gustavo Scarpa para formar dupla com Osvaldo,no demais o time carioca deve mandar a campo a seguinte equipe: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Nogueira e Ayrton; Edson, Cícero e Danielzinho; Gustavo Scarpa (Felipe Amorim), Fred e Osvaldo

Ficha Técnica:

FLUMINENSE-RJ X ATLÉTICO-PR
Local: estádio Raulino de Oliviera, em Volta Redonda (RJ)
Data: 27 de janeiro de 2016, quarta-feira
Hora: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Célio Amorim (SC)
Assistentes: Alex Santos e Johnny Barros de Oliveira (ambos de SC)
FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Nogueira e Ayrton; Edson, Cícero e Danielzinho; Gustavo Scarpa (Felipe Amorim), Fred e Osvaldo
Técnico: Eduardo Baptista
ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Cleberson (Christián Vilches), Paulo André e Roberto; Deivid, Otávio e Vinícius; Marcos Guilherme, Sidcley (Ewandro) e Crysan.
Técnico: Cristóvão Borges

Mais um atacante:Atlético apresenta o atacante Anderson Lopes.


Na tarde dessa sexta feira,o rubro negro encerrou sua semana de contratações apresentando oficialmente,o atacante Anderson Lopes de 22 anos que chega do Avaí clube que disputou a temporada de 2015.O atleta chega como sétimo reforço para a temporada a seguir confira a ficha técnica do novo reforço rubro negro.

Ficha técnica: Anderson Lopes
Posição: Atacante
Nome completo: Anderson José Lopes de Souza
Data de nascimento: 15/09/1993 [22 anos]
Local de nascimento: Recife (PE)
Clubes em que atuou: Avaí (SC), Internacional (RS) e Marcílio Dias (SC)

Laterais na baixada:Atlético apresenta os laterais Léo e Pará.


A tarde dessa quinta feira,foi de mais apresentações no furacão dessa vez foram os laterais Pará que atua pelo lado esquerdo do campo e vem do Cruzeiro,e Léo que já é conhecido da nação rubro e joga na direita ambos chegam para reforçar as laterais do furacão na temporada de 2016 para a disputa dos torneios dessa temporada.A seguir confira a ficha técnica dos novos laterais do furacão.


Ficha técnica: Léo
Posição: Lateral-direito
Nome completo: Leonardo Moreira Morais
Data de Nascimento: 03/10/1991 [24 anos]
Local de Nascimento: Salvador (BA)
Clubes em que atuou: Vitória (BA); Atlético Paranaense; Flamengo (RJ) e Internacional (RS) 
Títulos conquistados: Copa do Nordeste (2010); Taça Guanabara (2014); Campeonato Carioca (2014) e Campeonato Gaúcho (2015)


Ficha técnica: Pará
Posição: Lateral-esquerdo
Nome completo: Anderson Ferreira da Silva
Data de nascimento: 23/08/1995 [20 anos]
Local de nascimento: Capanema (PA)
Clubes em que atuou: Bahia (BA) e Cruzeiro (MG)
Títulos conquistados: Campeonato Baiano (2014), Torneio Internacional de COTIF (2014)

Dupla de zaga:Atlético confirma os zagueiros Paulo André e Thiago Heleno.


Na tarde dessa quarta feira o furacão confirmou oficialmente mais dois reforços para 2016,e os dois são para fortalecer a defesa um já é um velho conhecida da nação rubro negra,se trata do experiente Paulo André de 32 anos o atleta que acumula passagens por Corinthians,futebol chinês e Cruzeiro time por qual disputou a temporada de 2015 chega para liderar a defesa rubro negra nessa temporada.
 A outra novidade é o zagueiro Thiago Heleno de 27 anos que chega por empréstimo do Figueirense,além do time catarinense o atleta tem passagens por Corinthians,Palmeiras,Cruzeiro entre outras equipes a seguir confira a a ficha dos dois novos zagueiros do furacão.



Ficha técnica: Paulo Andre
Posição: Zagueiro
Nome completo: Paulo André Cren Benini
Data de nascimento: 20/08/1983 [32 anos]
Local de nascimento: Campinas (SP)
Clubes em que atuou: Guarani (2005), Atlético Paranaense (2005-2006), Le Mans (2006-2009), Corinthians (2009-2014), Shanghai Shenhua (2014) e Cruzeiro (2015). 
Títulos conquistados: Mundial de Clubes da FIFA (2012), Copa Libertadores da América (2012), Recopa Sul-Americana (2013), Campeonato Brasileiro (2011) e Campeonato Paulista (2013).


Ficha técnica: Thiago Heleno
Posição: Zagueiro
Nome completo: Thiago Heleno Henrique Ferreira
Data de Nascimento: 17 de setembro de 1988 [27 anos]
Local de nascimento: Sete Lagoas (MG)
Clubes em que atuou: Cruzeiro (MG); Corinthians (SP); Palmeiras (SP); Criciúma (SC) e Figueirense (SC).
Títulos: Campeonato Sul-Americano Sub-17 (2005), Campeonato Sul-Americano Sub-20 (2007), Campeonato Mineiro (2006, 2008 e 2009), Copa do Brasil (2012) e Campeonato Catarinense (2013, 2014 e 2015).